Em dia premiado, 6º Tecnobio CANA chega ao fim, representando mais de dois milhões de hectares de cana-de-açúcar - G.BIO

G.BIO - Grupo de Pesquisa e Extensão em Controle Biológico

+55 19 984495279
G.BIO - Grupo de Pesquisa e Extensão em Controle Biológico

Blog

Grupo de Pesquisa e Extensão em Controle Biológico

Em dia premiado, 6º Tecnobio CANA chega ao fim, representando mais de dois milhões de hectares de cana-de-açúcar

Foram 4 prêmios oferecidos aos profissionais de destaque em controle biológico.

O 6 Tecnobio CANA foi realizado no luxuoso Espaço Golf, em Ribeirão Preto, SP, em 15 de agosto de 2018. Foram 286 participantes, representando 84 empresas (2 de defensivos químicos, 11 de produtos biológicos e 3 associações/cooperativas), 28 grupos de 66 usinas e 15 revendas de produtos agropecuários, além dos vários agricultores e representantes de fazendas agropecuárias e de empresas de diversos setores. Juntos, os participantes representavam mais de dois milhões de hectares de cana-de-açúcarum quinto da área plantada de todo o país.

O evento teve palestras sobre o que as usinas vêm fazendo em controle biológico de pragas, doenças e nematoides e a associação dessa tática com inseticidas, fungicidas, nematicidas e herbicidas químicos, realizadas pelos doutores Alexandre de Sene Pinto, do Centro Universitário Moura Lacerda, em Ribeirão Preto, SP,  José Eduardo Marcondes de Almeida, do Instituto Biológico de Campinas, Luciano Olmos Zapellini, da Koppert Brasil, de Piracicaba, SP, e Jaime Maia dos Santos, professor aposentado da FCAV/Unesp e consultor, de Jaboticabal, SP. Também foi discutido o manejo da mosca-dos-estábulos em áreas canavieiras, pelo Dr. Samir Oliveira Kassab, da UFGD, em Dourados, MS, e como aumentar o complexo de predadores em áreas canavieiras, com o Dr. Luís Cláudio Paterno Silveira, da UFLA, de Lavras, MG. Três profissionais ligados a Usinas apresentaram seus resultados de manejo de pragas em diferentes regiões, sendo um deles, Thiago Gomes Veloso de Araújo,da Usina Ipiranga, o ganhador do 2º Prêmio Profissional Destaque no uso de Controle Biológico, em 2017.

 

 

 

 

 

 

 

A empresa Farroupilha Lallemand sorteou diversos “mimos” para o público presente e as empresas Geocom, Koppert Brasil – Bug, Biocontrol e Farroupilha Lallemand levaram seus estandes para o evento.

 

 

 

Ana Cristina Pellegrino recebendo prêmio durante o 6º Tecnobio CANA.

 

 

A Bióloga e Mestre Ana Cristina Pellegrino, que foi premiada anos atrás pela sua dissertação sobre o efeito da pressão atmosférica na biologia de insetos (ESALQ/USP) e que ajudou a desenvolver tecnologias de criação de percevejos, foi a ganhadora do 1º PRÊMIO JOVEM CIENTISTA DESTAQUE 2018 EM APOIO AO CONTROLE BIOLÓGICO. Esse prêmio recebeu um “mimo” da Biocontrol.

 

 

 

 

 

 

Eduardo Augusto F. Ivan recebendo prêmio durante o 6º Tecnobio CANA.

 

O Engenheiro Agrônomo Eduardo Augusto Fonseca Ivan, que iniciou suas atividades no G.bio e trabalha na Biocontrol, de Sertãozinho, SP, foi o contemplado com o 1º PRÊMIO JOVEM CIENTISTA DESTAQUE 2018 EM P&D EM CONTROLE BIOLÓGICO. Eduardo desenvolveu diversas pesquisas com Cotesia flavipes para o controle da broca-da-cana e praticamente reinventou essa tecnologia com sua dedicação. Esse prêmio também foi oferecido pela Biocontrol.

Vinicius Lourenço Lopes recebendo prêmio durante o 6º Tecnobio CANA.

 

 

 

 

 

 

 

O Engenheiro Agrônomo Vinicius Lourenço Lopes, atualmente trabalhando com a Koppert Brasil, levou o 1º PRÊMIO PROFISSIONAL DESTAQUE 2018 NO APOIO TÉCNICO EM CONTROLE BIOLÓGICO, pelo seu trabalho de extensão no uso de Trichogramma galloi no controle da broca-da-cana e na aplicação de diversos micro-organismos de solo. Contribuiu para aumentar de 2 para 120 usinas utilizando esse agente benéfico nos últimos anos.

 

 

Andressa Carneiro de Sousa recebendo prêmio durante o 6º Tecnobio CANA.

E finalmente o 3º PRÊMIO PROFISSIONAL DESTAQUE 2018 NO USO DE CONTROLE BIOLÓGICO foi para Andressa Carneiro de Sousa, da Cofco International Polo Norte, de Meridiano e Sebastianópolis do Sul, SP. Ela se destacou pela empenho no uso e pesquisa com micro-organismos de solo que estão no mercado, pela seriedade no uso de armadilhas de feromônio para monitoramento da broca-da-cana e liberações de Trichogramma galloi em área canavieira e uso de micro-organismos para controle de pragas. Andressa representa toda sua equipe que tem se empenhado muito para fazer crescer o uso do controle biológico no Brasil. Esse prêmio foi oferecido pela Koppert Brasil, que deu uma viagem para a Andressa conhecer sua matriz na Holanda.

 

 

 

 

 



Categorias: Sem categoria

NEWSLETTER

Cadastre-se para receber as nossas novidades e dicas.

CONTATO

Entre em contato conosco


Endereço

R. Bom Jesus, 1007 - Sala 4, Alto - Piracicaba, SP - 13419055

Telefone

+55 16 99796-5464

+55 19 984495279

Email

gebio@occasio.com.br